ALCACHOFRA + DENTE DE LEAO 60COMP

ALCACHOFRA + DENTE DE LEAO 60COMP

Preço normal
€8,90
Preço de saldo
€8,90
Preço normal
€8,90
Esgotado
Preço unitário
por 
Imposto incluído.

A alcachofra e o dente de leão promovem a depuração do organismo, ao favorecer a acção do fígado actuando como tónicos hepáticos e digestivos. As vitaminas presentes contribuem para a manutenção de um metabolismo saudável.

Alcachofra:
A sua designação em Latim é Cynara scolymus L. Planta herbácea perene, originária do Norte de África. Cultivada em solos ricos e argilosos na região mediterrânica, admitindo-se ser derivado do C. cardunculus L. (cardo-do-coalho), por selecção natural.

Considerada durante muito tempo uma hortaliça rara, é hoje abundantemente cultivada nas regiões atlânticas. Pertence à família das Asteráceas (Compostas), sendo utilizada as folhas. É constituída por cinaropicrina, cinarina, ácidos aromáticos, flavonóides derivados da luteolina, mucilagem, pectina, inulina, fitosteróis e sais minerais.

A cinarina (além dos ácidos aromáticos e dos flavonóides) é a principal responsável pelas propriedades da Alcachofra:
- Acção hepatoprotectora;
- Benéfica na icterícia;
- Acção colagoga e colerética;
- Antioxidante;
- Propriedades digestivas;
- Benéfica nos excessos alimentares e alcoólicos.

Dente de Leão:
A sua designação em Latim é Taraxacum officinale. Planta herbácea vivaz do hemisfério setentrional e aclimatada na América do Sul, em prados, pastos e terrenos baldios. Encontra-se nos lameiros, sítios húmidos, campos cultivados, hortas e jardins. Pertence à família das Asteráceas (Compostas). Utilizam-se as raízes e as folhas.

As raízes contêm: constituintes amargos, polifenóis (fitosteróis, flavonóides, derivados da apigenina e da luteolina), triterpenos, inulina, mucilagem e sais minerais. As folhas contêm flavonóides, constituintes amargos e sais minerais (em maior quantidade do que na raiz).

As raízes apresentam as seguintes propriedades:
- Nas alterações do fluxo biliar;
- Estimula a diurese;
- Na perda de apetite;
- Na dispepsia;
- Na obesidade, acompanhada de retenção de líquidos;
- Em todos os estados que beneficiam com a diurese (gota e afecções urinárias).

As folhas apresentam as seguintes propriedades:
- Na perda de apetite;
- Na dispepsia (enfartamento e flatulência);
- Em todos os estados que beneficiam com a diurese (gota e afecções urinárias).